Notícias

13.12.2021

[Histórias da ESV] Emily: carreira em evolução 5 anos após a ESV

Os aprendizados com a Escola Social do Varejo ficam marcados na vida dos jovens e não se encerram com o fim da formação. Ter um projeto de vida é um deles. Ex-aluna do curso, Emily Lucena continua fazendo planos para o futuro e estabelecendo metas para a vida e a carreira. Isso continua impulsionando sua evolução profissional cinco anos após ter cursado a ESV.

Atualmente com 24 anos, Emily foi aluna da turma do primeiro semestre de 2016 no núcleo de São Paulo. Na ocasião, tinha terminado o ensino médio e estava procurando emprego. Ela conta que um dia saiu de casa para entregar currículos junto com a prima e que viram uma fila de jovens na loja do Walmart (atual BIG) de Osasco. O local era a sede do núcleo São Paulo da ESV e a fila era a seleção de jovens para o curso.

“Eu ouvia falar de cursos profissionalizantes, mas tinha muito golpe. Eu e minha prima fomos aprovadas e só acreditei que o curso era real e gratuito de verdade no dia que comecei a frequentar as aulas”, relembra.

Ao final da formação, ela participou de dois processos seletivos e foi aprovada em ambos. Com a possibilidade de escolher, optou por ser jovem aprendiz na área de Recursos Humanos do Walmart. Com a finalização do período de aprendizagem, não pode ser efetivada como estagiária, que seria o caminho natural, porque ainda não tinha começado a faculdade.

Durante o tempo em que esteve na empresa, Emily também trabalhava em fins de semana em um salão de beleza como recepcionista e conseguia economizar todo o salário que recebia. Assim, quando foi aprovada na faculdade de psicologia, pagou o primeiro ano do curso integralmente a vista.

Uma amiga da faculdade a indicou para uma vaga na Global, empresa de recrutamento e seleção. “Eu comecei a trabalhar na área de seleção e também aplicava testes em candidatos. Foi aí que realmente vi gostava de psicologia e da área de Recursos Humanos. Tinha muita vontade de aprender e consegui me desenvolver rapidamente”, conta.

Desse período, ela destaca o apoio que recebeu das pessoas mais experientes na equipe. Com pouco tempo de trabalho, assumiu a responsabilidade por uma carteira de clientes. Logo ficou alocada em um deles, a Arezzo, grupo do varejo calçadista, que a convidou para uma posição interna na empresa.

Mesmo a perspectiva de ser promovida na Global, aceitou a oportunidade na Arezzo em setembro de 2019 por entender que a empresa oferecia boas perspectivas de carreira. “Foi um desafio gigante, mas evoluí muito bem e assumi responsabilidades.”

A chegada da pandemia, em 2020, atingiu fortemente os negócios da empresa. O escritório de São Paulo, onde Emily trabalhava, foi fechado e ela chegou a ser desligada, mas foi recontratada poucos meses depois.

Ainda assim, achou que a carreira estava estagnada e passou a se interessar pelo mercado de tecnologia. Resolveu se preparar para buscar uma oportunidade nessa área. Fez cursos e começou a fazer contatos para tentar migrar de área. Em agosto de 2021, atingiu seu objetivo: foi contratada pela Navita como analista de RH para cuidar de treinamento e desenvolvimento da equipe. A empresa tem 18 anos de existência e cerca de 160 colaboradores.

“Eu tive outras propostas nas áreas de varejo e logística, mas estava determinada a trabalhar em tecnologia. Já tinha trabalhado em empresas grandes e bem estruturadas. A possibilidade de construir um projeto desde o início me motivou muito.”

Emily se sente feliz e realizada. Como resultado de seu trabalho, hoje mora sozinha, tem uma moto e planeja comprar um carro. Segue fazendo planos e mantém um grande reconhecimento à transformação proporcionada pela ESV.

Em 2022, se forma em psicologia e pretende começar uma pós-graduação em seguida. “Foi na ESV que tive o primeiro contato com psicólogas e, assim, entendi o que eu gosto de fazer. Quero atuar como psicóloga e, quem sabe, dar aulas.”

Por Luciana Cavalini - Tags:

Veja também:

Av. Tucunaré, 125 Alphaville Barueri / SP
instituto@big.com.br

© 2005 - 2022 Instituto Grupo BIG.

Siga nas redes

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência ao usar o site e nossos serviços. Ao utilizar nosso site, você concorda com tal monitoramento.