Notícias

26.10.2021

[Histórias da ESV] William: trajetória de sucesso 10 anos depois

As mudanças provocadas pela passagem dos jovens pela Escola Social do Varejo não são transformadoras apenas no curto prazo. Os anos passam e os impactos da formação permanecem e marcam a construção de carreiras. Um bom exemplo disso é a história de William Campopiano, hoje com 27 anos e que foi aluno da ESV em 2011, quando o programa dava seus primeiros passos.

Ele conta que cursou a ESV, que na época durava o ano todo, junto com o 3º ano do Ensino Médio. Antes mesmo de terminar o curso, conseguiu uma vaga como operador de caixa no Sam´s Club em Tamboré. A loja fica localizada a poucos metros da sede do Grupo BIG – que na época ainda era Walmart.

E foi aí que a história de William ganhou uma pitada de sorte. Um dia, cerca de três meses depois de começar na loja, ele atendeu uma cliente no caixa e conversou com ela sobre os produtos que estava adquirindo. A cliente era uma diretora da empresa da área de relacionamento e ficou tão impressionada com o preparo e a forma atenciosa com que foi atendida que ofereceu a ele uma posição em sua equipe.

“Fui o primeiro ex-aluno da ESV a trabalhar no HO, o escritório central do Walmart. E foi ótimo ver muitos outros jovens chegando lá nos anos seguintes”, relembra. Para ele, o mais importante da formação da ESV foi contribuir para o autoconhecimento, desenvolvimento pessoal e de habilidades de relacionamento e também a preparação para participar de entrevistas e saber agir em um ambiente de trabalho.

Na área de relacionamento, ele começou com atendente da ouvidoria. Nos três anos e meio que ficou lá, teve três promoções e passou por diversas atividades. Nesse período, também investiu na carreira e fez faculdade. Começou o curso de Recursos Humanos, mas entendeu que gostava mesmo de comunicação e cursou Publicidade e Propaganda. O salário que recebia na empresa ajudou a pagar a faculdade.

Em 2015, mudou de emprego e foi trabalhar na Vertem, que desenvolve programas de incentivo e de fidelidade para grandes companhias. Ele continua na empresa e já teve cinco promoções desde então.

Atualmente, é executivo de contas de um dos maiores clientes da empresa e gerencia um programa de incentivo de uma maiores empresas de bens de consumo do mundo. Está à frente de uma equipe com mais de dez profissionais de diferentes áreas de atuação. Há alguns anos, também montou uma empresa de marketing digital com colegas da faculdade, a Wikaley, que mantém até hoje como atividade complementar.

“Tive a sorte de trabalhar com ótimos profissionais. Pude contar com bons mentores e soube aproveitar as oportunidades.” Para os jovens em início de carreira, ela dá a dica: esteja atento e pronto a agarrar as oportunidades, e pense sempre no médio e no longo prazo.

Por Instituto Grupo BIG - Tags:

Veja também:

Av. Tucunaré, 125 Alphaville Barueri / SP
instituto@big.com.br

© 2005 - 2022 Instituto Grupo BIG.

Siga nas redes

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência ao usar o site e nossos serviços. Ao utilizar nosso site, você concorda com tal monitoramento.